Em Destaque

 

Vidago homenageia bombeiros com monumento no dia de Portugal

 

Foi em ambiente de festa que decorreu, na tarde de 10 de junho de 2017,dia de Portugal de Camões e das Comunidades Portuguesas  que a Cerimónia de Inauguração do Monumento de Homenagem aos Bombeiros Voluntários de Vidago, mandado erigir pela Junta de Freguesia. Foi desta forma que a Corporação viu reconhecido o seu papel determinante no socorro e proteção às populações ao longo dos seus 50 anos de existência.

Apesar do calor que se fez sentir, foram muitos os Vidaguenses, Órgãos Sociais, elementos de Comando de Corporações vizinhas e autoridades civis e militares  que se quiseram associar esta justa homenagem aos nossos Soldados da Paz.

A cerimónia iniciou-se com a bênção do monumento pelo Reverendo Pároco de Vidago Padre José Carlos.

Uma homenagem justa naquele que é um ponto de passagem quase “obrigatória” de cada vez que toca a sirene e os bombeiros saem para ações de socorro.

Foi assim que a Junta de Freguesia de Vidago decidiu perpetuar a imagem dos seus soldados da paz, num monumento erguido numa das principais artérias da vila, onde sobressai a figura do bombeiro construída em material de imitação de bronze.

Uma homenagem que para o presidente da Junta de Freguesia, Rui Branco, não é mais que um reconhecimento público do espírito de missão de todos quantos, ao longo dos 50 anos de existência desta associação, dedicaram “grande parte do seu tempo” à corporação e a servir o seu semelhante. “Há momentos nas nossas vidas que ficam gravados para sempre, e este é certamente um deles, é um marco histórico para esta Vila de Vidago”, referiu o autarca.

 

Também o presidente da direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vidago Francisco Oliveira agradeceu Ao Presidente da União de Freguesias de Vidago a  homenagem, considerando a inauguração deste monumento ao bombeiro “um momento de grande simbolismo”, sobretudo numa altura em que vão escasseando este “tipo de reconhecimentos públicos”. “Penso que esta não é só uma homenagem aos bombeiros de Vidago, mas poderá considerar-se uma homenagem a todos os bombeiros portugueses”, referiu, num longo discurso, onde lembrou a figura dos fundadores desta associação - Órgãos Socais e Bombeiros . “Estamos também aqui, a homenagear todos os que nos antecederam”, afirmou, dirigindo-se ao atual corpo de bombeiros que, no seu entender, “tem sabido honrar o passado e a história desta instituição”.

Para os bombeiros,  não poderia ter sido encontrada melhor forma de reconhecer o seu trabalho e dedicação que não fosse a colocação de um monumento numa artéria que “é a principal porta de saída dos nossos soldados da paz para as ações de socorro quer a nível local, quer a nível distrital”. E são muitas.

 

Também o presidente da Câmara Municipal, Arqº António Cabeleira, saudou a iniciativa da Junta de Freguesia de edificar um monumento ao bombeiro na Vila, julgando que este representa “ o sentimento de gratidão que todos devemos ter para com os nossos bombeiros”. “Vidago é e foi desde sempre uma Vila com um grande orgulho no seu Corpo de de Bombeiros” assinalou ainda o edil, lembrando que o monumento esculpido , é também “símbolo da dureza e capacidade de resistência dos nossos soldados da paz” e uma “homenagem a todos quantos já faleceram, mas que farão sempre parte da história viva desta associação”. O Presidente ca camara Municipal de Chaves, terminou a sua intervenção, dirigindo-se diretamente aos Bombeiros Voluntários de Vidago, com a convicção que "a cerimónia de hoje irá reforçar ainda mais a atitude e o carácter generoso dos nossos Soldados da Paz, o espírito de altruísmo e de solidariedade humana, como de resto tem sido sempre apanágio da vossa ação". Prometendo ajudar nas comemorações do cinquentenário.

 

 O Presidente da Federação dos Bombeiros de Vila Real Sr. José Pinheiro e o Comandante Operacional Distrital Engº. Álvaro Ribeiro enalteceram  e reconheceram a  importância  e o  trabalho desenvolvido pelos bombeiros de Vidago  no socorro que prestam às populações, não só na sua área de atuação, no distrito e fora dele. Por isso esta justa homenagem.

 

O Monumento ao Bombeiro é uma obra escultórica do artista Flaviense  Mário Lino, com elementos de imitação de bronze que o autor designou de “Herói sem Rosto” sendo o projeto da autoria da Arqtª Maribel Ribeiro, a iniciativa partiu do Presidente dos Bombeiros de Vidago, Francisco Oliveira

 

 

"Augusto Oliveira"

 

 

 
 

 

 

Política de Privacidade

Todos os Direitos Reservados para os Bombeiros Voluntários de Vidago, AVª Conde de Caria, 2 - 5425-307 Vidago